O funcionamento de máquinas industriais em geral, tem como característica o ruído. Enquanto a tecnologia não avança nesse quesito, se faz necessário adequações para atenuar o barulho, evitando a poluição sonora que pode acarretar em perdas e danos principalmente a saúde das pessoas.

O sistema auditivo humano possui condições específicas quanto as condições sonoras, ruídos acima de 80 decibéis já podem causar prejuízos na audição. Locais que emitem níveis elevados de ruídos somados a uma exposição contínua representam uma combinação que pode levar à surdez.

Protegido pela legislação trabalhista, o ambiente laboral, de acordo com as normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho, a NR 15 considera como insalubres as atividades que se desenvolvem num ambiente com nível de pressão sonora superior a 85 dB(A) para um período de exposição de 8 horas.

Acima desse limite, o ruído torna-se um fator de risco, devem ser adotadas medidas de proteção, como o uso de EPI e a redução de ruído com o enclausuramento de fonte sonora.

A cabine acústica é uma boa opção principalmente quando há limitação de espaço. Cabine Acústica

Projetada para Compressores de Gás sujeitos a ação do tempo, ou seja, qualquer condição climática extrema.
Atenua o ruído gerado pelo compressor durante seu funcionamento.

Construídas em chapas de aço inoxidável as cabines Aspro possuem revestimentos internos, são produzidos com materiais não inflamáveis e isolante acústico.

Com tomadas de entrada e saída de gás e eletricidade localizadas nas colunas do chassi, facilitam o trabalho de conexão.
O display externo termo-acústico para visualização do painel de instrumentos é um diferencial, a entrada de ar para refrigeração das máquinas com cabine é realizada através de dutos acusticamente isolados e estrategicamente localizados.

A exaustão de ar é direcionada para a parte superior do compressor através de um sistema de labirinto que atua como silenciador.
Seu sistema de drenagem capta a água da chuva através de dutos para o exterior do compressor.

Possuem 4 portas que facilitam o acesso para a manutenção e se adaptam perfeitamente a qualquer sistema de compressão Aspro.

Por seu baixo custo de instalação e design compacto, são um dos modelos mais demandados do mercado. Eles não precisam de um bunker e são resistentes ao fogo.

Em entrevista com o representante comercial da Aspro na Argentina, Gabriel Grovas ele afirma “Hoje nosso equipamento mais vendido é o IODM 115”. Ele explica que por sua operação simples e alto desempenho, são a solução ideal para postos de combustíveis de alta demanda, garantindo um abastecimento rápido, eficiente e seguro.
No entanto, ele garante que o interesse pelos compressores cabinados é crescente, por ser a opção mais lucrativa para postos de GNV com espaço limitado. “Suas principais características são o design compacto, o baixo custo da instalação eletromecânica e que não requer a construção de um Bunker”, afirma Grovas.

Dados Técnicos:

Cabine Acústica IODM 115 – Atenuação do nível de ruído até 73 ±2 dB(A).

Cabine Acústica IODM 70 – Atenuação do nível de ruído até 68 ±2 dB(A).

Rendimento